Bola com feitiço

Auteur :
Editeur : Cotovia
Nombre de pages : 90
Date de parution : 2008
Langue : portugaise
ISBN : 9789727952588
Prix :

9,00

Description :

Dois contos saborosos, debruçados sobre as transformações havidas no mundo suburbano e rural da Angola tardo-colonia...
O primeiro, “Mestre Tamoda”, é uma delícia corrosiva sobre a modernidade como mecanismo de ascensão social (e identitária). Tamoda é um camponês que regressa à aldeia natal, proveniente de Luanda, na posse de um património linguístico poderoso, o domínio do português. E decide capitalizá-lo, encetando a actividade de mestre informal da língua por via de um linguajar criativo, um verdadeiro “tamodismo”. Adquirindo prestígio entre a juventude logo será entendido como subversivo – ele introduz um português criativo e muito rebuscado mas também o uso dos cabelos frisados. Até que ponto este “Tamoda” simboliza os experimentalismos linguísticos de alguma literatura africana é questão que só posso especular, se calhar afastando-me dos propósitos do autor – mas como a obra é também minha, leitor, dela me aproprio nesse sentido. E ainda utilizando-a para reflectir sobre as questões sociais da “lusofonia”, da qual Tamoda foi, no seu ficcional tempo, grande cultor.
“Bola com Feitiço” é um delicioso retrato das inovações “sincréticas” acontecidas com a “modernidade”. Duas aldeias vizinhas confrontam-se por via do futebol (uma inovação colonial) e convocam os respectivos curandeiros para obterem sucesso. Tudo isso cruzado com as diversas formas de integração das novidades propostas: os jogadores logo se distinguem entre os que aceitam os tratamentos feitícicos e os que os recusam, distinção homóloga à que os divide entre católicos (que os seguem) e crentes de outras igrejas cristãs (que os recusam) – neste bem-humorado episódio narrando-se como a modernidade colonial, religiosa nesta caso, tão diversamente foi apropriada..

Source : http://ma-schamba.com/lusofonia/bola-com-feitico-de-uanhenga-xitu/


Et aussi...