19/21 rue des Fossés Saint-Jacques
75005 PARIS (place de l’Estrapade)
À 20 m du Panthéon... Tél. : 01 43 36 34 37
Du lundi au samedi, 11-13h 14h-19h
(horaires souvent dilatés...)
Métros : Luxembourg, Cardinal Lemoine, Place Monge – Bus , 21, 27, 82, 84, 89
  •  
La Librairie, c'est aussi

Rio de janeiro cidade mestiça

Rio de janeiro cidade mestiça, par Jean-Baptiste Debret
Auteur : Jean-Baptiste Debret
Autres : Ensaios de Luiz Filipe de Alencastro, Serge Gruzinski & Tierno Monénembo.
Editeur : Companhia das Letras
Nombre de pages : 200
Date de parution : 2012
Langue : Français
Prix : 45,00 €
ISBN : 9788535901689
Disponibilité : En stock En stock

O Rio de Janeiro dos anos 20 e 30 do século XIX é a metrópole do país. É uma cidade movimentada, colorida, perigosa. Quase um terço de seus habitantes nasceu na África, mas é grande a população de europeus vindos com a corte portuguesa. É esse Rio de Janeiro mestiço que Jean-Baptiste Debret retrata durante os quinze anos em que morou ali, de 1816 a 1831. A moça rica e analfabeta, o sinhozinho indolente, a vergonhosa compra e venda de africanos na rua do Valongo, as sessões de chibatadas nas praças públicas, o desembargador, o contrabandista e o comerciante desonesto, os artesãos, as prostitutas e os marinheiros, as roupas que se usavam na época, as comidas, os remédios e as mandingas - nada escapou ao seu pincel.
Setenta de suas litografias estão reproduzidas em Rio de Janeiro, cidade mestiça, acompanhadas dos comentários saborosos do próprio Debret. E pela primeira vez as imagens são analisadas também por seu valor como fonte para o estudo do nascimento da nação brasileira, em ensaios do historiador Luiz Felipe de Alencastro, do antropólogo francês Serge Gruzinski e do romancista guineano Tierno Monénembo.